5 de setembro de 2012

10ª Brazil Scrapbooking Show

E eu fui à feira de scrapbook que está acontecendo em São Paulo, a 10ª Brazil Scrapbooking Show.
É claro que eu fui com expectativas na lua, mesmo não precisando comprar nada, eu esperava a feira mais orgástica EVER! Decepção.

Trabalho do stand da Toke e Crie com furadores by Vlady.

Em praticamente todos os stands, os preços praticados estavam fora da realidade. Na última semana fui à loja física de um dos expositores da feira e vi os preços das coisas. Na 10º Brazil Scrapbooking Show, tudo estava no mínimo 2 ou 3 reais mais caro. Pode não parecer muito, mas dá diferença no final do dia!

Cartão de demonstração no stand da Toke e Crie feitos com furadores by Vlady.

Além disso, eram poucas as novidades e elas não estavam com preços promocionais, pra quem foi à feira poder dizer: “Lero-lero, eu fui à feira e economizei pacas!!!!”. Muito pelo contrário, você paga no mínimo 7 reais pra entrar (eu pago meia, a inteira são 14 reais), e ainda compra tudo inflacionado.
Além disso, diferente da Mega Artesanal, não existiam lojas vendendo aviamentos, e me desculpe quem não concordar, mas pagar 25 reais em 18 jardas de fita (6 jardas de cada tipo), só pq é importado, não é bom negócio em lugar nenhum!

Cartão feito com furadores By Vlady.

O legal, pelo que pude perceber, é conhecer gente pessoalmente. Vi o Vlady que é bastante simpático, mas ele é celebridade e por isso, é disputado. Conheci a Rê Moni, mas tinha tanta gente conversando com ela que mal consegui fazer comprinhas na Arte.1.

Vlady

Quem foi um amor de menina e pudemos bater um papinho foi a Déa Tani. Não tirei foto pq estávamos lanchando... Mas ela foi um amor! E amamos gatos!!!!!
Na Scrappin'Up fiz minha primeira aula de scrap na vida. O projetinho foi lindo (e uma bica de caro), maaaasssss não aprendi nada de novo. Foi legal ter batido papo com as moças que estavam lá, mas só isso!

Minha página pronta após a aula na Scrappin'up

Por falar em bater papo, ô fila demorada a da Scrap Sampa, heim???? Ficamos lá uns 20 minutos no mínimo e o papo rolou solto.... Chegamos à conclusão que o que mais valia a pena da feira eram as sacolinhas surpresa!
A sacolinha surpresa  da Scrap Sampa me decepcionou por conta dos adesivões colados em 2 folhas (mostro no vídeo), além de terem sido muito fraquinhas em relação à da feira de patchwork. Outro ponto que me matou de catapora foi que onde estavam vendendo essas sacolinhas surpresa, só aceitavam dinheiro ou cheque.... Então só pude comprar uma.
Já a sacolinha supresa da Toke e Crie foi risível..... Não mostrei no vídeo porque esqueci, mas até apontador de lápis veio. EXTREMAMENTE infantil e com materiais repetidos. É claro que vieram coisas legais, mas foi como uma coleguinha disse numa das filas: É uma sacolinha para crianças. E vamos combinar, 7 cangaceiros???? Ahhh pelamor, né?
Então eu achei que não vale a pena para quem está interessado em comprar as coisas. Espere mais uma semana e vá ás lojas mesmo! Se você for à feira para conhecer pessoas e fazer cursos, daí pode ser legal, mas já alerto: Conseguir vaga em algum curso é algo difícil! Tudo estava lotado!

Aulas lotadas em todos os lugares!
Mas vamos ao vídeo:



Esta é uma publicação do Gaborin Gaboriela. Se você leu em qualquer outro lugar sem os créditos, ele foi surrupiado sem autorização! Avise-me!

7 comentários:

  1. eu vou amanha e bom saber de todo isso.
    Muito obrigada

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo post...acho que esta feira deveria ser bienal, pois assim dá tempo de lançarem as novidades e virar um point para as scrappers. Comprar que é bom está confirmado que não vale a pena! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Sônia, se você quiser dar sua opinião depois de visitar a feira, me fala que eu posto aqui!

    Dri, gostei da sua idéia.... Deixa a Mega Artesanal anual e essa bianual! Seria legal!

    ResponderExcluir
  4. Oi Gaborin,
    Ficamos trabalhando meses para preparar vitrines, novos lançamentos, aulas, stands e deixar a feira super bonita para vocês! Você reparou?!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Flávia,
    Reparei que os stands e vitrines estavam realmente lindos, com trabalhos caprichados, mas não haviam tantos lançamentos assim.
    Conversei com muita gente na feira que, assim como eu, preferiu a Mega Artesanal.
    Infelizmente, feira bonita com preços muito altos não agradam tanto! Talvez, isso poderá ser pauta de reuniões de futuras feiras". Quem sabe, né?

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi,
    Nós como expositores ficamos chateados em vê-las focarem apenas nos pontos negativos. Nos preocupamos em inspirar as designers e trazer mais força para este mercado. Esta feira além disso é direcionada ao Scrapbook, artesanato sofisticado e mais caro mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Oi Flávia, que o scrapbook é um artesanato mais caro, todas as que amam essa técnica sabem. Mas ficamos decepcionadas em saber que na feira, evento que podeira praticar preços mais viáveis, ou mesmo iguais das lojas físicas, não o fazem, dificultando ainda mais o acesso das novas amantes do papel ao scrapbook.
    Se vocês como expositores ficam chateados com nossas respostas negativas, nós, como consumidoras, ficamos chateadas com o formato atual da feira.
    Talvez, as criticas negativas das frequentadoras e clientes possam ser um norte para as próximas edições.
    Não trabalho com scrap, faço tudo por paixão. E como consumidora de produtos de artesanato em papel, fiquei frustrada com a feira.

    ResponderExcluir

Opinem, desabafem, reclamem, etc... Mas vamos ser finos, ok?
Comentário deselegante, agressivo ou que não traga nada de bom aos leitores não será aprovado!
Se a sua opinião for contrária à minha, terei prazer em publicar, mas desde que você use bons argumentos e não ataque ninguém, direta ou indiretamente.
Beijinhos na alma!
Gabi