18 de fevereiro de 2015

Mixed Media, eu te adoro!

Olá pessoal,

Hoje quero falar de um estilo de artesanato que tem me encantado bastante: Mixed Media.

Eu sempre achei a ideia legal, gostava das camadas de papel com tinta e gesso e mais um monte de coisas. Mas daí eu não gostava do produto final com poucas cores e sempre tudo muito escuro. Tem coisa que eu acho que fica linda, mas eu prefiro algo mais claro, mais definido, menos Steampunk.

Daí um dia, saçaricando na internet, achei o canal da Vicky Papaioannou. Me apaixonei no primeiro vídeo que assisti e passei horas aprendendo com ela, apreciando seu sotaque delicioso e sentindo um misto de inveja e raivinha por não termos os produtos que ela usa no Brasil. (Ok, até encontramos, mas a preços abusivos e para achar temos que varrer São Paulo)

Só sei que no dia seguinte arranjei um caderno no estilo que ela usa (mas não usei... deixei guardado para o momento certo), achei umas tintas que eu tinha por aqui, pensei numa frase e fiz uma caca inimaginável. A meleca foi tão melequenta que parei tudo, pois percebi que eu tinha que estudar. Sim, para aprender uma coisa nova temos primeiro que estudar! E muito!

Eu tinha cola branca, aquarela, canetinha e carimbeira. Alguns recortes e nenhuma boa ideia para fazer. Esse trabalho foi feito em um pedaço de papel paraná, ainda bem que não tive coragem de fazer primeiro no meu caderno. Pensei em fazer um caderno com essa capa, mas não sei não..... Ele ainda está aqui olhando pra mim e eu pra ele! Aí está a meleca melequenta!

Passei uns 3 dias procurando materiais, tentando entender o que esses produtos faziam, como se comportavam, se existiam alternativas no mercado nacional, etc. Foi bem frustrante perceber que nem os próprios fabricantes, que possuem os produtos, sabiam me explicar os usos e alternativas para os materiais.

Então resolvi fazer algumas comprinhas por aqui mesmo, procurei produtos nacionais, nomes, lojas. Fucei loucamente na internet e então fiz os pedidos dos meus produtos. Somado a isso, fiz uma rapa na casa da minha sogra: peguei termolina, verniz em spray e mais um monte de produtos que poderiam ser legais (goma laca incolor dá barato! Até duende eu vi correndo por aqui).

Acontece que eu estava em fase de teste e resolvi fazer uma página em meu caderno. Como não veio uma ideia sólida de trabalho, a coisa não começou muito bem.... No final, tive que recorrer à tinta preta para cobrir aquela coisa estranha que eu tinha feito. E o trabalho no final, ficou assim:

Pela foto não dá pra ver, mas em alguns pontos a tinta ficou com um efeito 'craquelê', justamente pq eu passei uma cola que eu não deveria ter passado. A aquarela não fez o degradê que eu imaginava e juntou com a cola e fez um monte de farelinho. Daí eu passei termolina liquida e no dia seguinte as coisas melhoraram. Deu pra finalizar a página, colocar a frase e as estrelas.

Os estudos continuaram. Os produtos chegaram e a Claudia Pavan me deu uma força explicando o que cada produto fazia. Foi daí que resolvi que eu queria fazer um Art Journal, mais parecido com o da Vicky (colorido), com frases e sem fotos.

Procurei uma frase na internet e pumba, fiz essa página:

Dessa página eu gostei! Está colorida, agradável, cheia das técnicas certas e eu fiquei feliz de ter sido capaz de elaborar essa página. Para selar tudo, usei termolina e verniz em spray. Alguns dos meus produtos não haviam chegado e eu tive que me virar para fazer tudo o que eu imaginava.

Então outros produtos chegaram e fui feliz usar. Algumas coisas não deram muito certo por eu desconhecer como um produto se comportava com o outro. Tive que adaptar certas coisas para funcionarem com as tintas que tenho e estou feliz da vida com isso.

Eu considero erros como processos de aprendizagem e não acredito em defeitos, mas sim em efeitos. Elaborei essa página aqui:

Nessa página tem gesso acrílico, tem carimbada, tem aquarela com termolina (deve soar como loucura, mas foi tão fácil e eficiente), tem desenho a mão livre da xícara em papel de origami, tem tinta de carimbo permanente, tem gel medium (que ainda não é meu melhor amigo) e tem verniz spray para selar a coisa toda. Tem erros tb.... estou aprendendo!

Ainda falta testar um dos produtos, ainda falta aprender muito para depois ensinar, mas é tão gostoso ficar envolto à essas técnicas, tintas e materiais que só quero fazer isso!

É uma ótima forma de expressão tb!

Espero que vocês estejam empolgados com esse mundo, assim como estou! É muito divertido!

Um grande beijo!


Esta é uma publicação do Gaborin Gaboriela. Se você leu em qualquer outro lugar sem os créditos, ele foi surrupiado sem autorização! Avise-me!

11 comentários:

  1. Gabi, tbm sou apaixonada por essa técnica e acho todos os trabalhos lindos, fico horas e horas na internet tentando entender como funciona, como combinar (ou não) os tons, mas ainda não tive coragem de tentar - tenho medo de usar gesso ou pasta de modelagem hihihi - Fiquei semanas atrás dos tals "gelatos" da Faber Castell que ajuda bastante nessa técnica, e adivinha? NENHUMA loja online vendiam esse produto (que mais parece giz de cera, porém aquarelável) e achei em UMA loja física aqui em Porto Alegre um conjunto com 03 tons de cinza (Oi, pra que eu preciso de cinza?) que custam a bagatela de R$ 69,00 SIM 69,00 por 3 "giz de cera", aí comprei na loja scrapbook.com, um conjuntinho de 3 tons de rosa por $ 9,99, é mole?
    Enfim, teus trabalhos ficaram lindos, e é notável como tu está progredindo nessa técnica, pode continuar que está indo muitíssimo bem, depois volta aqui com um PAP..

    Bjus ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixi... esses Gelatos são caros mesmo! E o pior é que nada é igual é eles..... Li resenhas bem completas das americanas e ele não é igual a nada.... a não ser a Gelatos. E como são muito caros, acabei não comprando!
      Aos poucos vamos aprendendo a trabalhar com esses produtos alternativos! Tb estou doida pra fazer PAP, mas ainda não dá! Não tenho segurança!

      Excluir
    2. Yuuuuuupi!!!
      Eu ainda estou ansiosíssima aguardando a chegadas dos meus
      E que venha os PAP's!!!

      Bjs
      Boa semana ♥

      Excluir
  2. Nossa Gabi!!! Muito lindo, há algum tempo tenho visto esta arte mas ainda não me encorajei, mas está virando febre não...rsrsrsrs... tudo tão lindo q vc fez!
    A que mais amei foi a de arco-íris! eu sou apaixonada!!!

    Esperando ansiosa por novos projetos :DDDD

    Bêzzo
    Lee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A página do arco-íris tb é minha predileta!
      E é febrre mesmo pq é muito lindo! quero fazer só isso!

      Excluir
  3. Eu amo art journal e os seus estão perfeitos!! Esse estilo é bom porque não tem certo ou errado, no fim acaba tudo legal... Eu uso muito material alternativo e tem uma tinta q uso muito e gosto é a Acrilex metal colors, tem um brilho e ainda dá pra diluir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummmmm..... que dica legal! Adorei! Quero experimentar em breve essas tintas!
      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  4. Oi Gabi adorei os seus art journal, faz videos fazendo-os as page?

    ResponderExcluir
  5. Oi Bhá, ainda estou ganhando segurança nos materiais para fazer algo legal! Qq hora sai um video sim!
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Olá Gabi!! Que espaço mais lindo! Parabéns!
    Estou há uns oito meses tentando art journal, sempre fui ligada à pintura, antes tela e porcelana, mas a liberdade das mídias mistas me fascinou.
    Estou feliz por encontrar o seu blogue porque eu gostaria muito de poder trocar experiências e resenhas com brasileiros que fazem art journal, pois a maioria dos meus contatos são de outros países e, como você já disse, temos muito o que improvisar quando o assunto é materiais. Se puder, veja a minha page art e diga o que achou, ok?? Vou aproveitar e me inspirar através de seus tutos maravilhosos, dando-lhe os devidos créditos. Bjsssss
    https://www.facebook.com/pages/Anahy-Britto-in-Art-Journal-/1509347145995993?sk=timeline

    ResponderExcluir

Opinem, desabafem, reclamem, etc... Mas vamos ser finos, ok?
Comentário deselegante, agressivo ou que não traga nada de bom aos leitores não será aprovado!
Se a sua opinião for contrária à minha, terei prazer em publicar, mas desde que você use bons argumentos e não ataque ninguém, direta ou indiretamente.
Beijinhos na alma!
Gabi